Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 22 de março de 2009

Banana Ouro

Banana ouro é a menor de todas as bananas, medindo no máximo 10 cm. Tem forma cilíndrica, casca fina de cor amarelo-ouro, polpa doce, de sabor e cheiro agradáveis. Olha que fofa!
Este lindo cacho de banana ouro é produção do meu quintal.
Acreditem! Tenho um carinho especial por esse pé de banana, pois ele é um vencedor.
Sempre gostei muito da banana "ourinho", como a chamamos aqui no Tocantins e desejava conseguir uma mudinha. Até que um dia fui ao mercado comprar um frango caipira e o moço tinha alguns cachos que logo me encheram os olhos de vontade. Perguntei se era difícil conseguir uma muda e ele afirmou que não. Me prometeu uma e na semana seguinte, fui buscá-la. Ao chegar em casa, não plantei a mudinha imediatamente, deixei para o dia seguinte. Acontece que viajei e esqueci-a completamente. Uma semana depois, quando cheguei, lembrei que havia deixado minha muda para trás, sem água e no sol.
Quase morri de remorços, ao conferir que ela estava apodrecendo. Mas, assim mesmo resolvi plantar. E dias depois, tive a grata surpresa que ela resolveu me dar uma chance. E esse pé de banana tem sido muito generoso comigo. Me presenteou com quatro cachos enormes, que dá gosto de ver, além de aroma e sabor delicioso. Acho que as bananeiras são muito resistentes às adiversidades.
E por falar em banana, você sabia que existem cerca de 100 tipos de banana cultivadas no mundo todo? E que em alguns lugares a banana verde é utilizada para elaboração de pratos e que tem um potencial nutricional enorme?
Quando eu morei em Manaus - Am, adorava as bananas verdes pacovãs, (a nossa banana - da - terra). A pacova é uma espécie de banana muito comum na Amazônia. Podendo alcançar até 50 cm de comprimento. Realmente, uma das maneiras mais gostosas de prová-la é em forma de chips, bem sequinha e crocante, e facilmente encontradas em diversas barraquinhas pela cidade de Manaus. Pura delícia!
Lembro ainda, que em 2005 retornei a Manaus a trabalho, na oportunidade, fui ao Teatro Amazonas, aquele monumento lindo de encantar. No evento, o cerimonial serviu várias entradas exóticas do amazonas, e lá estava os canapés de banana verde. Adorei!
Pois é, não custa nada falar aqui, que os derivados dessa fruta saborosa possuem 0% de colesterol, são ricos em cálcio, potássio, fibras e vitaminas, fundamentais para o desenvolvimento e bom funcionamento dos ossos, músculos e dentes. Além disso, esta fruta contém fibras, ideais para o sistema digestivo. Todos os dias antes de malhar eu como no mínimo 02 bananas. Me sinto mais forte.

9 comentários:

r.campusano disse...

Gostei de teu texto... Também sou fã dessa banana, mas é tão difícil de achar pra comprar, um dia eu soube que parecia estar em extinção e que só dava em encostas de serras litorâneas, mas você plantou e se deu bem em Tocantins e aí é bem seco pelo que conheço..
Beijão e até a próxima...
Rodrigo Campusano.

Ana Benícia disse...

R.

Então, a história do meu pé de banana continua... ele agora não é só mais um, agora são vários, e com algumas mudinhas. Se eu pudesse, daria uma para você, mas você fica muito distante. Mas, qualquer é só entrar em contato.
Um abraço,
Ana Benícia

Io Sono disse...

Olá Ana Benícia, li seu comentário e me atrevo a me candidatar a receber um brotinho com raiz do seu pé de banana ouro. Não tem problema em mandar pelo correio, ela não morre, desde que colocar num saco plástico com uma papéis umidecidos junto às raízes. Eu moro em São Leopoldo/RS e passo o endereço pelo e-mail. Eu posso pagar a despesa de correio, depositando, ou lhe mandando alguma planta de interesse daqui. Meu e-mail é antoniobarcellos@gmail.com
Ficarei muitíssimo agradecido.

Anônimo disse...

Parabéns pelo seu blog! Passei aqui por acaso, provavelmente não retornarei, mas me senti bem recebido. Eu também aprecio muito a banana ouro e estou muito surpreso, porque aqui em Brasília, perto da minha casa, tem aparecido à venda no comércio com frequência. Também soube que é uma bananeira delicada e própria pra pomares domésticos, de difícil cultivo comercial, por causa da facilidade com que adoece.
Felicidades, fica com Deus e a Nossa Senhora!

Felipe Guilherme disse...

Oi moça.. poxa eu também passei no seu blog por acaso... mas te afirmo que serei um fiel leitor... gostei muito da história da sua bananeira... eu adoro a banana-ouro e acabei achando seu blog pesquisando um pouco mais sobre ela... um grande abraço... parabéns pelo blog...

Nelson disse...

Anônimo escreveu que viu dessa banana em Brasília. poderia me indicar onde?

Anônimo disse...

Querida Ana

Que encantador ver você se debruçando em sensibilidade sobre a vida vegetal, a forma de vida superior de nosso planeta sem a qual nada existiria. Continue amando todas as plantas meu bem.
Elas são nós mesmos. Nossas irmãs de sangue verde.

um grande abraço.
vivelfa@hotmail.com
se quiser mandar um recadinho ta bom?

fábio cello junior
leme - sp

Márcia Carvalho disse...

Acabei de "devorar" 03 exemplares dessa fruta maravilhosa!!! No quintal de minha mãe tem pés. Também deu um cacho lindo, enorme!! Pena que não tirei uma foto para postar! Adorei o seu artigo, que bom que existem pessoas como você e como minha mãe, que cultivam as plantas com todo o prazer do mundo!!
Márcia

romes disse...

se alguém tiver entereçe em mudas da banana ouro tenho para vender,em saquinhos.romerolza@gmail.com